O Marceneiro, o navio e o grande oceano.

10:26

Amados de DEUS, a Paz do SENHOR JESUS!


Aquele Marceneiro do alto de uma grande montanha olhava o grande oceano que, pela fúria dos ventos, agitava as suas muitas águas. Enormes e ruidosas ondas se levantavam não permitindo que nenhuma embarcação pudesse vencê-lo e as pessoas, mesmo que quisessem, não podiam atravessar aquele bravio mar para chegar até a montanha.

Era um mundo de águas tempestuosas!

Observando aquela terrível cena, o Marceneiro resolveu construir uma grande embarcação. E essa embarcação seria muito poderosa, pois o próprio Marceneiro iria guiá-la até o seu destino final: A Casa do PAI!

Descendo daquela montanha o Marceneiro não foi aceito pelo povo que habitava naquelas terras e, mesmo explicando sua missão com muita persistência e amor, foi perseguido, apedrejado e humilhado. Riram e debocharam dele, mas o Ele não desistiu. Ele tinha uma missão que seu PAI lhe entregou e haveria de cumpri-la na íntegra.

Então, andando no meio daquela multidão, arrebanhou algumas pessoas. Eram ajudantes de uma grande obra e eles acreditaram no projeto do Marceneiro, que começou a construir aquela grande embarcação que se transformou num grande navio e foi colocado no meio daquele bravio oceano. E o Marceneiro chamava as pessoas para dentro da embarcação. E elas não precisariam pagar nada, bastava apenas acreditar Nele e fazer a vontade do Seu PAI.

E a cada dia muitas pessoas acreditavam e também se juntavam aqueles que, dentro da embarcação, estavam atravessando o grande e turbulento oceano. As águas batiam naquele grande navio, mas ela não saía do rumo. Ventos e tempestades tentavam jogá-lo para lá e para cá, mas o Marceneiro não permitia que a embarcação naufragasse. E muitos diziam: quem é esse homem que até o mar e os ventos lhe obedecem?

Em cada porto que o navio aportava, mais pessoas entravam e a travessia continuava sob as ordens e comando do Marceneiro. Algumas vezes pessoas dentro do navio pulavam naquele escuro e bravio mar. Elas não queriam seguir as ordens do Marceneiro e nem fazer a vontade do PAI. Aqueles, porém, que estavam se esforçando e ajudando o navegar do navio, sob as ordens do Marceneiro, certamente iriam chegar ao destino final. E permaneciam no navio.

E você quer continuar dentro do navio ou pular dele?

E você que ainda não entrou no navio, vai continuar do lado de fora?

Venha para o navio, mas não se esqueça de que tem de passar, primeiro, pelo Marceneiro. Ele é o caminho, a verdade e a vida!!!

Amados de DEUS, o SENHOR continua chamando os seus para dentro da grande embarcação, do grande navio que segue viagem em direção ao PAI.

O texto é apenas uma pequena parábola de tudo aquilo que já aconteceu e ainda acontece em nossos dias. E você facilmente irá identificar quem é o Pai, o Marceneiro, o navio, o mar bravio, aqueles que entram e saem do navio, a montanha...

Como igreja, que somos de JESUS, devemos nos esforçar para manter a união entre os irmãos e nunca desistir de pregar a Sua poderosa Palavra.

Igreja do SENHOR, JESUS está voltando!

--

Sidney Moreira da Silva
Abraços fraternais, Pb. Sidney Moreira ADCD - A igreja que vence desafios!

Fonte: Portal10.com

You Might Also Like

0 comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images