Católica, Marlene Mattos passa a frequentar igreja evangélica

05:52

Vídeos na internet com a ex-empresária de Xuxa, Marlene Mattos, participando de uma missa evangélica ministrada pelo ex-pagodeiro Waguinho, no final de 2011, levantou suspeitas da sua possível conversão. Apesar dela negar o fato, ainda hoje os vídeos são muito acessados.

“Eu faço oração, sempre. Eu tenho um grupo de oração. Sempre fiz e confio em Deus, senão não estava viva. Eu tenho uma amiga que é dessa igreja, ela me convidou e fui”, explicou ela que é católica em entrevista nesta quarta-feira, 29, para o site O Fuxico.

Mesmo afirmando não ser praticante, muitos desconfiam que na verdade ela não queira assumir a sua fé pela forma como ela se envolve nos cultos.

No vídeo, pode-se ver com clareza Marlene cantando louvores, fazendo orações e participando de momentos importantes.

Ela mesma não nega sua identificação com a Assembleia de Deus, na mesma entrevista, afirmou que depois da primeira visita acabou se envolvendo com os projetos do templo.

“Gostei muito do que o pastor faz lá: ele ajuda quase 200 pessoas de rua e tenta salvar almas. Já fui lá algumas vezes e gosto. Não me converti ainda para a igreja, mas talvez um dia aconteça.”

A empresária está ministrando cursos de capacitação para pessoas de rua e angariando fundos e apoio para a criação de empresas que os empregue.

“Estou procurando ações para ministrar cursos de padaria, carpintaria e costura para as mulheres. Essas pessoas precisam de ajuda para poderem se sentir motivadas a fazerem alguma coisa, para não voltarem para as drogas e para as ruas”.

Além de se envolver com os projetos sociais, ela revelou que gosta do ambiente e que se sente bem durante os cultos: “De vez em quando eu vou à igreja porque gostei e saí de lá muito bem.”
Apesar de frequentar a Assembleia de Deus dos Últimos Dias, ela afirma que sua religião continua sendo o catolicismo.

“Sou católica. Frequento e tudo. Sempre acreditei. Os amigos e amigas que me levaram à igreja evangélica fizeram isso sem nenhuma promessa. Eu já voltei umas cinco vezes, primeiro por conta do trabalho voluntário, já que preciso dar respostas, e depois para assistir aos cultos. Isso não impede de não ir à igreja católica”, concluiu.

You Might Also Like

0 comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images