O dia dos namorados é todo dia: “mais do que a paixão, o importante é agradar a Deus”, diz pastor

04:45


Flores, bombons, declarações apaixonadas e encontros especiais. Hoje é comemorado no Brasil o Dia dos Namorados e o comércio varejista já espera um crescimento de 4,5% nas vendas, em comparação com o último ano.
Mas ao contrário do que as músicas seculares entoam em verso e prosa, o namoro cristão não é centrado na paixão ou na emoção, mas sim em agradar a Deus em primeiro lugar.
É o que explica o pastor Richarde Guerra, responsável pelo ministério dos namorados da Igreja Batista da Lagoinha. “No mundo a relação visa geralmente o próprio prazer e o descompromisso, já o namoro cristão visa agradar em primeiro lugar a Deus e em segundo lugar a outra pessoa, envolve renúncia e escolha e não puramente paixão e emoção”, esclarece Guerra.
Segundo o líder religioso de uma das maiores congregações batistas do País, é importante orar antes de começar um namoro. “O casal deve separar um tempo para orar, ler a Bíblia e jejuar juntos em busca de uma confirmação de Deus para o início da relação, isso lhes dará maturidade e convicção”, pontua. Ele acrescenta que o namoro cristão deve ter limites e padrões de respeito, que serão mais tarde a base para um casamento sólido e estável.
Como forma de evitar as decepções e desilusões amorosas, ele aconselha que o primordial é buscar a direção de Deus na área emocional. “É necessário ser uma pessoa madura e espiritualmente completa antes de iniciar um namoro”, diz.
Santificação
Já a pastora Sarah Sheeva, da Igreja Celular Internacional, que realiza o “Culto das Princesas”, prega a abstinência sexual total antes do casamento e o controle dos desejos da carne, o uso de roupas comportadas e ainda deixar o beijo de língua para depois do casamento.
“Não uso decote, aqui não tem amostra grátis”, diz a filha de Baby do Brasil e Pepeu Gomes, vestindo românticos vestidos do tipo “anos 60”.

Tá todo mundo curtindo nosso blog! Curta você também!

Em suas pregações, ela costuma incentivar a plateia a ficar seis meses sem dar beijos na boca do namorado. O objetivo é atingir a meta da santificação.
Um dos momentos mais marcantes de seu ministério foi em novembro de 2011, quando ela reuniu cerca de 3.000 mulheres em um “Culto das Princesas”, levando os presentes à emoção e ao êxtase. Na ocasião, além da abstinência sexual ela pregou o “resgate da dignidade feminina”.
Sarah Sheeva leva suas ministrações a igrejas de todo o Brasil. Ela foi a primeira em sua família a se converter ao Evangelho.

Fonte: GospelPrime

You Might Also Like

0 comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images